novembro 19, 2010

A Noite e o Dia



Às vezes queria ser gato... e dormir, dormir, dormir. E quando acordasse ter a minha dona em casa, e ir roçar-me nas suas pernas, e fazer rom-rom, e achar que a vida era assim, uma coisa tão simples, entre um sono... e outro.

3 comentários:

Rosa dos Ventos disse...

Eu também invejo a boa vida das minhas três gatas!

Abraço

memória c/ história disse...

um beijinho
:)

carol disse...

Que bom que é ser gato! De casa, naturalmente. Que os da rua, coitadinhos...